APOCALIPSE

Ir em baixo

APOCALIPSE

Mensagem  boris em Qua Dez 29, 2010 2:46 pm

O APOCALIPSE

O Apocalipse cujo significado do termo é REVELAÇÃO, tem causado efeito contrario na maioria dos leitores deste livro. Em vez de revelar, esclarecer e desvendar conforme o proposto; têm causado debates infinitos, inúmeras discrepâncias e se mostrado um livro mais de mistérios do que revelação propriamente dita. Muitos se debruçam em escrever comentários exaustivos sobre o livro na tentativa de explicar a mensagem nele contida. Contudo, quanto mais tempo passa, tanto mais confuso vai ficando a compreensão desta obra de inspiração divina.

Evidentemente, todos devem reconhecer que o apocalipse faz parte do canon sagrado; caso contrario não estaria configurado dentre os 66 livros inspirados da bíblia. Mas, o maior problema no entendimento deste livro está no fato de não compreendermos a quem ele foi escrito. Isso justifica bastante o fato de hoje entendermos tão pouco a mensagem a que foi dado este livro maravilhoso.
A palavra chave que se encontra no começo e no final do livro, revela quem são seus destinatários

(Ap 1:1; 22:6). “Coisas que em breve devem acontecer”.

Os leitores do livro e contemporâneos de João estavam sendo alertados através desta revelação acerca da terrível perseguição que eles haveriam de enfrentar. Foi ordenado a João que a mensagem fosse enviada as sete igrejas da Ásia. Aquelas igrejas correspondiam toda a cristandade, e a elas estava a incumbência de preservar a fé, o evangelho e a verdade que Jesus havia trazido aos homens. Deus tinha em mente que o evangelho alcançasse a posteridade e as sete igrejas seriam responsáveis a este intento. A perseguição punha em risco o objetivo final da boa nona. Se para nós hoje, o livro parece misterioso e repleto de simbologia e tipos difíceis de serem encaixados aos fatos presentes ou futuros; os primeiros cristãos e destinatários do livro receberam na como mensagem revelativa e esclarecedora.
Eles discerniram muito bem tudo o que liam no Apocalipse de João.

No livro, algumas igrejas receberam elogios acompanhados de promessas; outras receberam criticas acompanhadas de advertências no sentido de se prepararem e permanecerem firmes no meio da perseguição. A partir do capitulo quatro do livro, a revelação a João muda de teor. Antes ele ouviu a mensagem, agora ele vai ver cenas do céu. Note que tudo o que João ouviu relatado nos capítulos 1 ao 3 é fácil de ser entendido por nós; mas as visões dele começam a ficar difíceis de serem entendidas, justamente por se tratarem de visões celestiais as quais ele nos reporta da melhor maneira humana de que ele é capaz. Coloque se no lugar dele, e imagine como você descreveria tudo o que ele viu no céu! E como as pessoas entenderiam esses relatos?
Devemos também entender que as visões do céu que foram dadas a João não foram por acaso; não foi um mero capricho de Jesus, mas tiveram o propósito de consolar e fortalecer os receptores do Apocalipse a permanecerem firmes no meio da perseguição que estava se levantando contra eles.
Depois de todas aquelas cenas e fatos que se desenrolaram no céu, no final do livro é afirmado mais uma vez: “COISAS QUE EM BREVE DEVEM ACONTECER” (22:6). Note que em (Ap 3:11) Jesus diz que vem sem demora. Em termos de tempo, qual a diferença entre vir sem demora ou vir em breve? O primeiro “SEM DEMORA” o fator tempo fica subentendido; no segundo “EM BREVE” deixa claro que é algo imediato que sucederá com brevidade.
Vemos então, que o Apocalipse é uma revelação urgente dada aos primeiros crentes; os contemporâneos de João. Ela se encaixou e se adaptou muito bem ao cenário em que eles viviam no primeiro século, por isso eles entenderam na perfeitamente.

Em resumo, vemos que a mensagem do apocalipse cumpriu seu papel eficazmente; tanto que o evangelho perdura até hoje. Se não tivesse sido dada, talvez a igreja tivesse sido pega de surpresa e teria fracassado na perseguição.
Vemos também que todos os esforços na tentativa de aplicar a simbologia e tipos do apocalipse aos dias de hoje, resultará em discordância; pois, os fatos ali narrados ficaram em algum ponto do passado no decorrer da historia da igreja. Também, lançar os acontecimentos do Apocalipse ao futuro incorre a erros grosseiros de interpretação; como tem ocorrido hoje em dia.

Exemplo:
O sinal da besta pode ser aplicado hoje de muitas maneiras equivocadas sem nenhuma certeza:

O sinal na mão direita:
(Mouse do PC, celular, caneta, garfo de comer, cambio do automóvel, a assinatura etc).
Centenas de coisas poderiam ser adaptadas ao sinal da besta na mão direita. Quantos erros muitos têm cometido ao interpretar o Apocalipse de forma errada. Quantos presidentes foram tachados de “anticristo”. Quantas pessoas foram vistas como a “besta do Apocalipse”, e muitas delas até já desceram a sepultura.

Numa palavra. O livro de Apocalipse tem caráter de revelação profética superior aos demais livros do NT; visto que o autor do livro foi arrebatado ao céu para receber tais revelações. E se os outros são obras divinamente inspiradas; o apocalipse supera neste quesito devido as revelações acompanhadas de visões celestiais. Uma espécie de revelação áudio visual.
Nele encontramos narrações dos acontecimentos que se dão diante do trono de Deus, visões que João foi convidado a contemplar. Privilegio que homem algum jamais teve na historia da raça humana. E se Paulo esteve no terceiro céu, a ele não foi dado permissão de revelar nada aos homens.
Este livro tão maravilhoso deve promover em nós grande alegria ao vermos em suas páginas como o Senhor quer que sejamos como igreja. O consolo do espetáculo dos elementos que compõe as visões: A onipotência de Deus e de Cristo. A supremacia de Cristo e o zelo Dele por seus servos.

Em vez de ficarmos nessa corrida frenética de tentar adaptar os símbolos do Apocalipse aos dias de hoje, devemos nos ater aos ensinos de Jesus nos evangelhos a fim de prepararmos para a volta dele. O apocalipse é um livro que reflete o poder e controle absoluto de Deus sobre os acontecimentos. Por isso a leitura deste livro deveria propor conforto, segurança e alegria a todos nós; não temor, mistério e indagação.
Se há alguma coisa em que devemos hoje nos preocupar é com a volta de Jesus. É algo que tambem deve acontecer em breve; pois desde que Ele foi ao Pai, sua volta é iminente.
Por Marcos G. Cotting
avatar
boris

Mensagens : 23
Pontos : 57
Data de inscrição : 28/12/2010
Idade : 60
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Encontrando as verdades das previsões

Mensagem  Observador em Sab Jul 16, 2011 7:54 pm

Muitos quando compreenderem que tornar a busca por provas do fim do mundo, segundo as profecias, poderão se assustar ao descobrirem que já estão na etapa final e que ficaram para "depois".

Correto é saber o que sigifica Jesus para os homens!

Observador

Mensagens : 3
Pontos : 5
Data de inscrição : 16/07/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum